Diretor: 
João Pega
Periodicidade: 
Diária

Expofacic conquistou o título de Melhor Festividade da Península Ibérica


Thursday, 14 March 2019

A Expofacic (Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede) conquistou, ontem, o título de Melhor Festividade da Península Ibérica, no Iberian Festival Award. O certame era um dos 10 nomeados nesta categoria, sendo que cinco eram espanhóis. Esta foi a primeira de quatro edições em que se premiou esta categoria, criada com o intuito de “reconhecer a qualidade organizativa dos festivais de música da Península Ibérica”.

Na gala de anúncio dos vencedores, realizada no Teatro Afundación, em Vigo, foram várias as organizações de eventos portugueses e espanhóis que mereceram distinções nas mais variadas categorias.

Quanto à atribuição do galardão de Melhor Festividade Ibérica, a seleção dos vencedores foi feita através de votação do público, processo que a edilidade cantanhedense diz ter sido gerido numa “plataforma especializada (SurveyMonkey), por onde são também votados os UK Festival Awards e os European Festival Awards, plataforma essa que garante que cada dispositivo eletrónico apenas realiza um voto”.

Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede e presidente da comissão organizadora da Expofacic, já se pronunciou sobre a conquista do prémio por parte do certame concelhio, não escondendo a satisfação que sente por ver o evento distinguido no âmbito de um concurso considerado muito importante à escala da Península Ibérica, “já sabíamos que a extraordinária expressão que atingiu, quer em dimensão e qualidade organizativa, quer em termos de afluência de público, coloca a Expofacic em lugar cimeiro a nível nacional, mas ser distinguida como a Melhor Festividade ibérica significa que está a afirmar-se num campeonato bem mais competitivo, pois venceu entre eventos concorrentes de Portugal e Espanha”.

Para a autarca, a conquista deste prémio representa o “corolário de uma evolução sustentada na otimização e rentabilização de valências que lhe conferem uma identidade muito própria, fruto do excelente trabalho desenvolvido pelas sucessivas comissões que tiveram a seu cargo a organização do certame” e acrescenta “a atratividade da Expofacic e tudo o mais que justifica a atribuição do Iberian Festival Award foi construído ao longo de 29 anos, passo a passo, pelo que o prémio é de toda a gente que participou nesse processo desde a primeira edição, em 1990”.

“Estou muito reconhecida a todos quantos contribuíram para fazer da Expofacic aquilo que ela é hoje, a começar pelos trabalhadores da Câmara Municipal e da INOVA-EM, mas sem esquecer os intervenientes que têm um papel crucial no sucesso do evento, como os expositores dos diferentes setores económicos e, noutra vertente, as juntas de freguesia e as associações”, termina a edil cantanhedense.

Idalécio Oliveira, presidente do Conselho de Administração da INOVA, empresa municipal que tem a seu cargo a gestão logística, administrativa e financeira do certame, faz também menção ao “trabalho de equipa, à qualidade na receção dos expositores e do público em geral, à procura de soluções que vão ao encontro à diversidade dos interesses e gostos dos diferentes públicos que visitam o certame” como trunfos para a vitória deste prémio. O responsável máximo pela organização do evento aproveitou também para agradecer a conquista desta distinção “aos visitantes e a quem votou na Expofacic para melhor festa a nível ibérico e também nacional, demonstrando assim um elevado grau de identificação com o modelo do evento e com tudo o que o ele tem para oferecer”.